Oswaldo Eustáquio
Advogado líder dos caminhoneiros foi filiado ao PT e vai disputar vaga para deputado federal

O advogado André Janones, um dos líderes da manifestação dos caminhoneiros, foi filiado ao Partido dos Trabalhadores entre os anos de 2012 e 2015, de acordo com dados oficiais do Tribunal Superior Eleitoral. Janones deixou o PT para ingressar no PSC e foi candidato a prefeito de Ituituaba-MG em uma aliança partidária com o PT e PC do B.

O advogado, que tem aparecido nos vídeos com o porta voz da manifestação dos caminhoneiros, o motorista conhecido como Chorão, deve disputar uma vaga na Câmara Federal nas eleições de outubro. Pelas redes sociais ele disse que “Se eu virar Deputado o pau vai comer é no Congresso! Tá na hora de quebrar o sistema”, disse Janones.  Ele disse ainda nas redes sociais que “ a grande “acusação” que meus adversários terão contra mim durante as eleições é que eu tenho dívidas! Só sei de uma coisa: se eu ganhar o voto somente daqueles que devem alguma coisa na crise atual, serei o deputado mais votado da história do Brasil”, completa. Essas publicações foram feitas no dia 25 de abril deste ano.

 

O advogado que abriu um canal direto que ele mesmo intitula como oficial da manifestação dos caminhoneiros já conseguiu mais de 500 mil seguidores em sua página pessoal.

Outro Lado

Na madrugada desta segunda-feira (28) Janones publicou em sua rede social que não é filiado ao PT, mas omitiu a informação de que foi filiado entre 2012 e 2015 e em fez aliança com o PT e PC do B nas eleições em 2016 que perdeu em Minas Gerais. A reportagem não conseguiu contato com André Janones.