Oswaldo Eustáquio
Farra das Diárias em Quatro Barras causa revolta nas Redes Sociais

Em tempos de crise, enquanto o cidadão comum economiza na luz de casa, a Câmara dos Vereadores de Quatro Barras, região metropolitana de Curitiba, gastou R$ 68 mil em diárias. Desde valor R$ 26 mil foram pagos em diárias para os vereadores Antonio Cezar Creplive, Gilson Rodrigues Cordeiro, Mauro dos Santos, Vandir Rodrigues e Vânia de Lara Araújo. O restante foi gasto com outros servidores da Casa em viagem com os vereadores para Foz do Iguaçu, Florianópolis e pasmem, diárias até para servidores que se deslocaram para a vizinha Curitiba.

O ato administrativo 272017/2017 concedeu R$ 310 para uma contadora do legislativo participar de um evento de dois dias em Curitiba, por exemplo. A farra das diárias em Quatro Barras tem sido questionada pelos moradores da cidade pelas redes sociais. Cada vereador de Quatro Barras ganha R$ 7033 por mês, valor bem acima da média salarial dos moradores da cidade.

Os valor da diária para os vereadores quatrobarrenses era de R$ 300 até o mês de agosto. Não satisfeitos, os vereadores fizeram uma sessão para aumentar as próprias diárias para R$ 700. Em menos de 45 minutos, equivalente ao primeiro tempo de um jogo de futebol, a resolução foi aprovada pelos nobres vereadores. A votação foi apertada. Foi 5x4.

Em Guaratuba a situação estava parecida e a justiça, a pedido do Ministério Público deu um basta na Farra na cidade litorânea. Em Quatro Barras a expectativa dos moradores é que a promotoria de Campina Grande do Sul, responsável pela Comarca, tome uma medida parecida.

Votaram contra o aumento os vereadores André Luiz Barcia (Dr André), Sandro Eleno Andreatta (Prof. Leno), Wagner Pertel dos Santos (Vaguinho) e Paulo Cesar de Lima Junior (Juninho do Posto)

 

Votaram a favor do aumento os vereadores Antonio Cezar Creplive (Totó), Gilson Rodrigues Cordeiro (Gilsinho), Vânia de Lara Araujo, Vandir Rodrigues (Careca) e Mauro dos Santos (Maurinho).