Oswaldo Eustáquio
Ministério Público investiga fraude no setor de licitações em Lindoeste

A Promotoria de Defesa do Patrimônio Público do Ministério Público do Paraná abriu investigação para apurar se houve fraude no setor de licitações da prefeitura de Lindoeste, região oeste do Paraná.

O órgão descobriu que a Secretaria Municipal de Administração, Comissão Permanente de Licitação e Departamento de Compras do Município de Lindoeste contratou de forma direta a empresa LM Assessoria Administrativa para prestar serviços de apoio administrativo ao setor. O MP descobriu que o titular desta empresa possui relação de parentesco com a servidora pública Pollyana Tibes, o que fere diretamente o artigo 11 da Lei de Improbidade Administrativa.