Oswaldo Eustáquio
Vereador Thiago Ferro é absolvido em Curitiba

O vereador Thiago Ferro (PSDB-PR) deve ser absolvido pelo Conselho de Ética da Câmara de Vereadores de Curitiba da acusação de ter se apropriado de parte do salário de funcionários. O relatório elaborado pelo vereador Doutor Wolmir (PSC) apontou não haver provas suficientes para continuidade do processo, diferente do caso da vereadora Kátia Dittrich, em que os servidores apresentaram comprovantes de depósito para ela. Dessa forma, o processo deve ser arquivado na Câmara.

Fontes ligadas ao Agora Paraná dão conta que o próprio corregedor teria inflamado o denunciante junto com outra vereadora também da bancada evangélica. O objetivo era apenas denegrir a imagem de Thiago Ferro, pois ele é visto pelos pares da bancada como promissor. Dessa forma, tudo isso pode ter sido apenas um circo para que a imagem do vereador fosse manchada. O chamado fogo amigo.