Oswaldo Eustáquio
Vereador vai pedir abertura de CPI do Eco Park nesta quarta

O vereador Serginho Ribeiro (PPL) tem reunião agendada para esta quarta-feira (14) com o presidente da Câmara de Vereadores de Cascavel, Gugu Bueno para tratar sobre a CPI DO Eco Park. Em entrevista exclusiva ao Agora Paraná, Serginho garantiu que já tem a sinalização das sete assinaturas para abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito. 

O vereador disse que o dinheiro público não pode ir para o ralo  e a Câmara de Vereadores de Cascavel não ode se furtar neste caso."Nós queremos investigar a fundo os envolvidos . Queremos saber se algum diretor, engenheiro ou secretário se furtou de fiscalizar a obra.", disse. 

Segundo ele, a CPI tem força para investigar o que for preciso, inclusive para afastar da função pública aqueles que estiverm envolvidos no maior escândo de de fraude do governo Paranhos.

O Ministério Público do Paraná também abriu procedimento para investigar o caso que derrubou três secretários da prefeitura. A empresa Contersolo, responsável por um contrado do PDI/BID de R$ 16,9 milhões utilizou material inferior na construção do bueiro da Rua Europa, no bairro Morumbi. Eles utilizaram concreto, no lugar de ARMCO STACO, material licitado.

R$ 1,8 milhão

O material mais barato colocado na obra fez com que a empresa não precisasse desembolsar R$ 600 mil. Como são três bueiros, a fraude poderia chegar a R$ 1,8 milhão, se não fosse a intervenção do secretário do meio Ambiente, Juarez Berté que não assinou a autorização da troca.

Berté vai contar tudo

Mesmo servindo como um guardião do dinheiro público, a recompensa de Berté foi a exoneração pela imprensa. Ele vai depor nesta quinta-feira (15) na Câmara dos Vereadores e prometeu contar tudo.