Pinhais

Alunas da Rede Municipal de ensino de Pinhais recebem premiação por concurso cultural

"Cooperar para Incluir: um por todos e todos por um" foi o tema da iniciativa que contou com a participação de 35 mil alunos de todo o país
(Foto: PMP)

A 8ª edição do Concurso Cultural Cooperativista, desenvolvido pelo Instituto Sicoob, contou com a participação de mais 35 mil alunos de todo o país. Entre eles, foram premiadas duas alunas da Rede Municipal de Ensino de Pinhais: Emilly Menke Rodrigues, da Escola José Brunetti Gugelmin e Giseli Helena Palmiro Gliski, da Escola Antonio Andrade.

Durante a entrega da premiação, a vice-prefeita de Pinhais, Rosa Maria, falou sobre a importância da educação financeira. "Sabemos que muito mais do que o prêmio em si está o incentivo a estas crianças em aprender a lidar com o dinheiro. A abertura de uma poupança é algo que as incentivará a guardar dinheiro e esta conduta as ajudará muito no futuro", ressalta.

Estiveram presentes na entrega, a secretária de Educação, Andrea Franceschini; Simone Kaminski Ramos, da Seção de Apoio Escola em Tempo Integral e Projetos Complementares; a diretora da EM José Brunetti Gugelmin, Neiva Oliveira; a diretora da EM Antonio Andrade, Sara Amorim; a gerente geral da agência de Pinhais do Siccob Vanessa Vieira e a agente de relacionamento do Sicoob, Rosary de Liz Zonneveld.

Em Pinhais, participaram do concurso todos os estudantes dos 3º e 5º anos do Ensino Fundamental I, regularmente matriculados nas escolas municipais: Antônio Alceu Zielonka, Aroldo de Freitas, Poty Lazzarotto, Antônio Andrade, 31 de Março, José Brunetti Gugelmin e Felipe Zeni. As categorias propostas foram: 5º ano - produção de texto narrativo e 3º ano - produção de desenhos.

As vencedoras regionais foram:

Desenho - 2º lugar: Giseli Helena Palmiro Gliski, da Escola Antonio Andrade, que recebeu o prêmio de R$200,00 em caderneta de poupança.

Redação - 3º lugar: Emilly Menke Rodrigues, da Escola José Brunetti Gugelmin, que recebeu o prêmio de R$100,00 em caderneta de poupança.

De acordo com a organização do concurso, para a premiação da redação, foram avaliados critérios como texto narrativo, sequência lógica, gramática, originalidade e criatividade na construção da obra, enquanto do desenho foram analisados abordagem correta do tema, capricho, originalidade e criatividade. O objetivo desta iniciativa foi buscar o fortalecimento e a disseminação da cultura cooperativista e promover o debate em salas de aula voltados a assuntos correlacionados a inclusão social, preocupação com comunidade e acessibilidade.