Geral

Atletas de Curitiba ajudam o Brasil a ganhar o Campeonato Sul-Americano

Ginastas que treinam em Curitiba e recebem apoio do Programa de Inventivo ao Esporte da Prefeitura ajudaram o Brasil a conquistar o Campeonato Sul-Americano de Ginástica Rítmica, neste domingo (2/6), em Bogotá, na Colômbia.

A equipe brasileira foi campeã nas disputas do individual e conjunto, conquistando o título geral da competição. Foram 12 medalhas conquistadas, sendo sete de ouro, três de prata e duas de bronze.

Barbara Domingos, atleta do Clube AGIR Ginástica Rítmica, de Curitiba, foi uma das responsáveis pelos bons resultados. Ela conquistou cinco medalhas no individual, sendo um ouro na fita, duas pratas (individual geral e maças) e dois bronzes (arco e bola).

Além de Barbara, a atleta Camila Rossi, também do Clube AGIR, conquistou três medalhas de ouro com o Conjunto Brasileiro: geral, cinco bolas e no misto (três arcos e duas maças).

Agora Barbara Domingos, Camila Rossi e toda a seleção brasileira de Ginástica Rítmica seguem o programa de treinamentos para a próximas competições: os Jogos Pan-Americanos, em Lima, no Peru, de 26 de julho e 11 de agosto, e o Campeonato Mundial de Ginástica Rítmica, em Baku, Azerbaijão, de 16 a 22 de setembro, onde serão definidas as vagas para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Incentivo ao Esporte 

Em 2018, a Lei de Incentivo ao Esporte da Prefeitura apoiou 11 mil atletas, desde a iniciação esportiva até o alto rendimento. Entre eles estavam crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos, técnicos e associações esportivas.

Resultados do Sul-Americano de Ginástica Rítmica

INDIVIDUAL GERAL
1º Natália Gáudio (Brasil) – 68.800
2º Barbara Domingos (Brasil) – 66.450
3º Sol Martinez (Argentina) – 61.250

FINAIS POR APARELHOS - INDIVIDUAL

ARCO
1º Natália Gáudio (Brasil) – 17.900
2º Sol Martinez (Argentina) – 17.300
3º Barbara Domingos (Brasil) – 16.150 

BOLA
1º Natália Gáudio (Brasil) – 17.900
2º Sol Martinez (Argentina) – 16.800
3º Barbara Domingos (Brasil) – 15.750 

FITA
1º Barbara Domingos (Brasil) – 17.600
2º Natália Gáudio (Brasil) – 13.850
3º Vanessa Galindo (Colômbia) – 13.850 

MAÇAS
1º Sol Martines (Argentina) – 17.800
2º Barbara Domingos (Brasil) – 17.150
3º Lina Dussan (Colômbia) – 16.500 

CONJUNTO - GERAL
1º Brasil – 44.850
2º Venezuela – 29.850
3º Argentina – 24.950

FINAIS POR APARELHO - GERAL

CINCO BOLAS
1º Brasil – 21.400
2º Venezuela – 16.850
3º Argentina – 12.050

MISTO (três arcos e duas maças)
1º Brasil – 18.250
2º Venezuela – 16.900
3º Argentina – 12.950