RMC

Blitz educativa marca Setembro Amarelo em Fazenda Rio Grande

(Foto: PMFRG)

Uma blitz educativa em frente à Prefeitura deu continuidade às atividades do Setembro Amarelo em Fazenda Rio Grande.  A campanha, que é nacional e foi criada em 2015, foca a prevenção ao suicídio e a valorização da vida.

As atividades relativas ao tema iniciaram no dia 1º com divulgação durante o programa Saúde Nos Bairros e deve continuar até o dia 28. Na próxima semana, dia 11, haverá palestra, no Teatro Municipal, às 19 horas.

Segundo a coordenadora da Divisão de Saúde Mental, Carolina Pelanda, essas atividades auxiliam não apenas na divulgação, mas na conscientização de pais, autoridades e também dos jovens. “As palestras ajudam a dar mais confiança aos pais, inclusive para conversarem mais sobre o assunto e também tomarem ações preventivas”, comentou.

Durante a tarde, as donas de casa Ingrid e Ivone receberam material alusivo à Campanha. “Isso é muito importante, queremos falar sobre isso, ter mais informações”, comentou Ingrid.

As palestras devem acontecer, além do dia 11, também nos dias 21, às 9 horas e 25, às 19 horas. Antes disso, no dia 11, um grupo vai participar do desfile da Independência.

A médica responsável pelo ambulatório Infantil Juvenil da Divisão de Saúde Mental, Sarah von Biviniczko, também alerta para essas situações e a necessidade de toda a sociedade se conscientizar.

O que é:

A campanha Setembro Amarelo começou em 2015, pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). As primeiras atividades realizadas pelo Setembro Amarelo aconteceram em Brasília e a partir daí passou a ser incentivada em todas as regiões.

O principal objetivo do Setembro Amarelo é a conscientização sobre a prevenção do suicídio, alertar a população a respeito dessa realidade no Brasil e no mundo.