Pinhais

Centro da Juventude de Pinhais promove evento sobre perigos da internet

Foto: PMP

O Centro da Juventude de Pinhais promoveu um evento sobre perigos da internet e redes sociais. Localizado no bairro Maria Antonieta, o espaço realiza diversas atividades voltadas aos jovens do município.
 

Na oportunidade, foi ministrada a palestra: “Adolescência, Internet e Valorização da Vida: batendo um papo sobre o fenômeno da ‘Baleia Azul’”, proferida pelo psicólogo e voluntário do Centro de Valorização da Vida (CVV) Rael Mello e pelo técnico de informática e graduando em Ciência da Computação pela UFPR, Ermelindo Schultz.
 

De acordo com a vice-prefeita de Pinhais, Rosa Maria, a sociedade precisa estar atenta aos hábitos dos adolescentes. “Os pais, responsáveis, educadores, assim como a população em geral, precisam saber o que os nossos jovens estão fazendo, precisamos conhecer os perigos que a internet pode trazer para dentro de nossas casas”, ressalta.
 

Para a Secretária de Assistência Social, Rosângela Batista, esta é uma questão que deve ser abordada para que se possa chegar a uma solução. “A melhor forma de combater estes perigos é com informação. Precisamos saber com que estamos lidando para que possamos encontrar uma saída”, salienta.
 

Segundo o coordenador do Centro da Juventude, Renan Silva, o evento é a tentativa de estimular a discussão de uma temática nova, emergente e de difícil abordagem pelas ações tradicionais: o jogo da "Baleia Azul". “Esperamos que, por meio desta iniciativa, possamos construir juntos um saber sobre esse “jogo” que assusta a sociedade e traz riscos aos jovens”, comenta.
 

“Tratou-se do primeiro evento desse cunho no município de Pinhais, inovador, como o próprio tema: o jogo da Baleia Azul. É importante ressaltar que esse é apenas mais um dos projetos e eventos de iniciativa própria, buscando uma resposta rápida e de qualidade à sociedade no que se refere aos temas relacionados à juventude”, explica o psicólogo, Bruno Ricardo de Souza Coelho.
 

Estiveram presentes, além dos participantes do Centro da Juventude, representantes do Instituto João Ferraz de Campos, Fundação Weiss Scarpa, Projeto Esporte e Cidadania Paraná, Projovem dos CRAS do município, alunos do Colégio Estadual Leocádia Braga Ramos e do Colégio Estadual Mathias Jacomel.