RMC

Com apoio da Prefeitura, condomínios organizam separação e coleta de recicláveis

(Foto: PMA)

Um trabalho de educação ambiental da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), tem colaborado para a organização da separação de materiais recicláveis em condomínios de Araucária. Ainda são poucos os condomínios que participam desta ação. Mas a expectativa é de que esse número seja cada vez maior. Os condomínios são responsáveis por dar o destino correto aos materiais. O descumprimento pode gerar notificações.

Com 512 apartamentos, o Compodoro Spazio, no Jardim Jardim Sabiá, é um bom exemplo de condomínio que se organizou para dar o destino correto aos recicláveis. Antes, recicláveis e lixo comum eram misturados e ficavam no lado de fora do condomínio para a coleta e o condomínio chegou a ser notificado pela Prefeitura. De acordo com a equipe de educação ambiental da SMMA, houve caso de coletor que cortou a mão com vidro descartado de maneira inadequada. Agora, o condomínio conta com um espaço interno exclusivo para receber os recicláveis. Semanalmente, o caminhão de coleta de recicláveis entra no condomínio para recolher os materiais separados pelos condôminos.

O síndico do Compodoro Spazio, Tiago Roberto Rodrigues Gonçalves, explicou que foram entregues comunicados ao longo de semanas e colocados avisos nos murais para conscientizar os moradores. Cartilhas da SMMA sobre a reciclagem também foram entregues. O síndico também colocou alertas nas lixeiras externas (de lixo comum) para alertar sobre a proibição de descartar vidro ou outro material cortante no local. O morador que praticar ato e for identificado será multado pelo condomínio. 

Destino correto – Os materiais recicláveis coletados pela Prefeitura seguem para o Centro de Processamento e Transferência de Materiais Recicláveis, onde coletores cadastrados fazem a triagem e o material vendido gera renda para esses trabalhadores. Separar o lixo comum (que vai para aterro sanitário) dos materiais recicláveis é pensar no meio ambiente, mas é também apoiar o projeto social realizado com esses catadores. Em Araucária, a coleta seletiva é feita duas vezes por semana na região central e uma vez nos bairros (CLIQUE AQUI e confira as datas). 

Responsabilidade - Quando o morador (ou condomínio) “permite” (de maneira intencional ou não) que coletores clandestinos recolham os materiais recicláveis das casas ele pode estar colaborando para o descarte irregular de lixo nas vias e terrenos da cidade e, caso identificado, pode ser responsabilizado por ter dado destino incorreto. Por isso é importante cuidar para que o descarte ocorra da maneira correta.

Os condomínios que têm interesse em organizar a sua entrega de recicláveis para a coleta seletiva podem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente pelo (41)3614-7480.