Geral

Construção dos acessos do Viaduto Pompeia começa no fim do mês

Na imagem, vista aérea do Viaduto sobre a BR 116 na Vila Pompeia, bairro Tatuquara (Foto: Daniel Castellano/SMCS)

A Prefeitura homologou, nesta segunda-feira (10/9), a licitação para construção das alças de acesso do Viaduto Pompeia, no Tatuquara. A vencedora da concorrência e responsável pelas obras é empreiteira Venturi & Zen.

A previsão é que os trabalhos sejam iniciados em 15 dias. O tempo estimado de execução é de 360 dias. Serão investidos R$ 5,3 milhões nas obras.  

“Em 21 meses negociamos a retirada da ocupação que impedia o acesso ao ‘viaduto sem alças’. Fizemos o projeto de engenharia que, com mínimo impacto de demolições, permitisse seu uso, e realizamos toda a burocracia da licitação das obras”, afirma o prefeito Rafael Greca.

Com as alças de acesso à BR-116, os moradores da região do Tatuquara poderão acessar a rodovia, nos sentidos norte e sul. O conjunto das obras inclui intervenções no sistema viário do entorno do viaduto, com terraplanagem pavimentação, drenagem, sinalização, calçada e paisagismo.

Além das alças, será pavimentada a Rua Francisco Xavier de Oliveira, entre a Delegado Bruno de Almeida e a cabeceira do viaduto já construído pela Concessionária Arteris.

A intervenção vai possibilitar que os moradores da região sigam ao centro de Curitiba (no sentido norte) passando por sobre a BR-116. Prevê também a construção da alça à direita, que liga a Rua Francisco Xavier de Oliveira à BR-116, pela qual os moradores do entorno poderão acessar a rodovia no sentido sul, em direção a Fazenda Rio Grande.

Para atender os moradores da última quadra da Rua Francisco Xavier de Oliveira, antes do acesso à BR haverá ainda uma via que permitirá o retorno ao bairro pela Rua Francisco Wacherski.

Também serão pavimentadas as ruas José Zanoncini e Francisca Ferreira da Luz, no entorno do Colégio Estadual Beatriz Faria Ansay, para atender professores, alunos e pais com segurança.

Retomada

O viaduto ficou abandonado por mais de dois anos, desde a conclusão de parte da edificação (em setembro de 2015) pela Autopista Planalto Sul/Arteris, concessionária responsável a rodovia BR-116. A ligação com a BR, de responsabilidade da Prefeitura, não foi concluída pela gestão anterior.

Depois de tomar posse, o prefeito Rafael Greca iniciou pelo Tatuquara uma rodada de visita às regionais. No dia 27 de janeiro de 2017 vistoriou o viaduto inacabado, acompanhado do administrador regional e das equipes técnicas do Ippuc e da Secretaria Municipal de Obras Públicas e solicitou uma melhor solução para a obra, a partir da implantação das alças de acesso.

Foi feito contato com os representantes da concessionária que construiu a cabeceira do viaduto e realizado o projeto complementar.

O tempo decorrido desde então foi necessário para a aprovação do projeto das alças de acesso, junto à ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), e a readequação das redes de água e esgoto no local, por parte da Sanepar.