Quatro Barras

Desde que foi implantada, linha de integração QB/Santa Cândida já gerou economia de quase R$ 2 milhões para usuários

Em sete meses foram mais de 215 mil passageiros atendidos. Além de reduzir custos, linha está favorecendo a inserção de profissionais no mercado de trabalho
Adesão aumentando: de novembro de 2017 a maio deste ano, número de usuários aumentou mais de 15% (Foto: Diego Tiller/PMQB)

A linha de transporte público que integra Quatro Barras e Curitiba, via Santa Cândida, completou em junho 7 meses de operação. E os números impressionam. Desde que foi implantada em novembro do ano passado, a linha já atendeu mais de 215 mil passageiros, gerando uma economia de quase R$ 2 milhões aos usuários do transporte público.

Na prática, os números são ainda maiores. A estimativa divulgada nesta semana pela COMEC e pela Prefeitura considera apenas os passageiros que passaram pela catraca, ou seja, quem acessou a linha embarcando nos terminais de Quatro Barras e Santa Cândida não foi contabilizado na estatística. O levantamento também só computou dias úteis, portanto a contagem de sábados e domingos ainda deve elevar estes índices.

Economia

Com o subsídio pago pela Prefeitura, a linha de integração gera uma economia mensal de R$ 192,50 para quem utiliza o sistema diariamente. O montante antes gasto para ir de Quatro Barras à capital era de R$ 17,50 por dia. Hoje o passageiro arca com exatamente a metade do custo, R$ 8,75.

Se a economia é importante para o trabalhador, também é para o empregador. Um levantamento da Agência do Trabalhador de Quatro Barras apontou que no período de novembro do ano passado à maio deste ano, mais de 250 pessoas foram colocadas no mercado de trabalho. Deste total, aproximadamente 80 delas conseguiram um cargo em Curitiba ou nos bairros metropolitanos.

"Num momento de crise como o que vivemos, cada custo a menos é levado em consideração, o que favorece a contratação de profissionais que residem na cidade. Esse foi um dos grandes objetivos de batalharmos pela integração do transporte: favorecer a inserção da população no mercado de trabalho", contou o prefeito Angelo Andreatta (Lara).

O levantamento divulgado nesta semana também traz outro dado importante: a utilização da linha QB/Santa Cândida vem seguindo uma crescente. De novembro de 2017 a maio deste ano houve um aumento de 15%. Logo que foi implantada, eram 29.370 usuários por mês. Em maio deste ano já foram contabilizados 34.813 passageiros, apenas passando pelas catracas.