Geral

FAS atende 212 famílias prejudicadas pelas chuvas constantes

FAS entrega roupas, colchões e cobertores a 102 famílias do Cajuru e Portão (Foto: Ricardo Marajó/FAS)

Há quatro dias, a Fundação de Ação Social de Curitiba (FAS) intensificou o apoio às pessoas com casas atingidas pelas fortes chuvas na capital. De quinta (30/5) a domingo (2/6), a FAS atendeu 212 famílias com distribuição de colchões, cobertores, cestas básicas e lonas. Além disso, materiais extras foram enviados aos núcleos regionais para potencializar a assistência.

As equipes continuam em atenção especial, incluindo visitas domiciliares para acompanhamento e orientação às famílias. A maioria dos atendimentos é realizada devido a destelhamentos e alagamentos.

A área mais afetada na cidade envolve os bairros do Uberaba (Jardim União) e Cajuru (Acrópole e Vila Autódromo). Os Centros de Referência da Assistência Social (Cras) desses e outros locais que também integram o Núcleo Regional Cajuru atenderam 97 famílias.

No Núcleo Regional da CIC, três famílias precisaram ser acompanhadas pelas equipes do Cras Barigui e da Abordagem 24 Horas, além da Defesa Civil da regional e da Guarda Municipal. A situação ocorreu por risco de desmoronamentos e foi oferecido encaminhamento para os serviços de acolhimento, mas as famílias não aceitaram.

A Casa de Passagem Plínio Tourinho, no Jardim Botânico, alagada desde a noite de quinta-feira (30/5), permanece fechada por medida de segurança. Os 82 usuários foram transferidos para outras cinco unidades da rede. A Casa de Passagem Bairro Novo chegou a operar em sua capacidade máxima, abrigando 180 pessoas na pernoite de quinta para sexta-feira (31/5).