Paraná

Governadora vistoria obra de duplicação da BR-369, em Corbélia

Participaram o secretário da Segurança Pública, delegado Julio Reis; o empresário Herivelto Soares Pinto, o deputado federal Alex Canziane, o presidente da Câmara dos Vereadores de Corbélia, Paulo Cardoso, e o vice-prefeito Dângeles Decio (Foto: Departamento Fotográfico - SECS)

A governadora Cida Borghetti vistoriou nesta terça-feira (24) as obras de duplicação de um trecho de cinco quilômetros da BR-369, no perímetro urbano de Corbélia, no Oeste do Paraná. Cida falou sobre o impacto da obra para os 17 mil moradores do município e para as empresas instaladas na região. “A obra trará segurança e agilidade no trânsito aos moradores de Corbélia e aos usuários que se servem deste trecho diariamente para trabalhar e estudar. Além disso, contribui para o desenvolvimento, pois facilita o escoamento de produtos, em especial da agroindústria da região”, afirmou a governadora. 
O projeto é um investimento de R$ 70 milhões, feito pela concessionária Viapar. Foi iniciado em novembro de 2016, com previsão de entrega em dezembro de 2018. Além da duplicação, o projeto também contempla a implantação de oito quilômetros de vias marginais à BR-369 e três novos viadutos: um na entrada principal de Corbélia (Restaurante Perozza), outro no trevo secundário (Avenida Santa Catarina) e o terceiro no acesso à Coopavel. Estas intervenções estão em andamento. As pistas laterais estão prontas e em operação. O serviço de drenagem de toda a obra está pronto e funcionando. Segundo a concessionária, a obra está dentro do cronograma previsto.
DEMANDA - O prefeito de Corbélia, Giovani Wolf Hnatuw, ressaltou que a construção do terceiro acesso, no trevo da Copavel, foi uma demanda apresentada pelo município e atendida pelo Governo do Estado e pela concessionária. “Recebemos o projeto, fizemos sugestões e fomos atendidos. Uma parceria de trabalho muito boa”, afirmou. 
Segundo o empresário Claudir Damaso o acesso do trevo da Copavel é um ponto de entrada para a cooperativa e para o parque industrial, com fluxo grande caminhões, principalmente em época de safra. “Sem o trevo, esse movimento viria para dentro da cidade”, disse ele. 
PRESENÇAS – Participaram o secretário da Segurança Pública, delegado Julio Reis; o empresário Herivelto Soares Pinto, o deputado federal Alex Canziane, o presidente da Câmara dos Vereadores de Corbélia, Paulo Cardoso, e o vice-prefeito Dângeles Decio.