Pinhais

Hospital Municipal promove ações da Semana Mundial de Aleitamento Materno

Na próxima terça-feira (8) as mamães estão convidadas a participarem de um "mamaço"
(Foto: Divulgação)

Como parte da programação da Semana Mundial de Aleitamento Materno, o Hospital Municipal Nossa Senhora da Luz dos Pinhais reunirá as mães que atendidas pela unidade para protagonizar um “mamaço” com seus filhos, na manhã da próxima terça-feira (8). O ato, que vai acontecer no próprio hospital, visa reforçar a importância do aleitamento materno para a saúde dos bebês e o convite também está estendido a todas as mães que desejarem participar.

O Hospital também está fazendo a distribuição de material informativo e orientações relativas à importância do aleitamento materno.

Amigo da Criança

Certificado como Hospital Amigo da Criança desde 2013, pelo Unicef (Fundação das Nações Unidas para a Infância), o Hospital Municipal segue com rigor os dez passos do aleitamento materno, preconizado pela fundação. O atendimento às parturientes começa semanas antes do parto, quando elas vão até o hospital, junto de um acompanhante, para conhecer as instalações e também como será o atendimento — desde a recepção até a alta médica.

Assim que o bebê nasce, as equipes de enfermagem e médica já iniciam o protocolo de atendimento ao recém-nascido, que estimula o contato pele a pele com a mãe logo na primeira hora de vida. É também quando já começam os primeiros passos para o aleitamento materno, por meio de várias técnicas de estímulo. O hospital possui uma técnica de enfermagem que se dedica integralmente à tarefa.

Benefícios do aleitamento materno

De acordo com o Unicef, “amamentar os bebês imediatamente após o nascimento pode reduzir a mortalidade neonatal”. E mais: na primeira hora de vida, o leite materno é fundamental “tanto para o bebê quanto para a mãe, pois, auxilia nas contrações uterinas, diminuindo o risco de hemorragia”.

Outros benefícios do aleitamento materno, segundo o Ministério da Saúde, indicam a prevenção de diarreia, infecção respiratória e diminui o risco de alergias, hipertensão, colesterol alto e diabetes. Também reduz a chance de obesidade, promove uma melhor nutrição para o bebê e fortalece o vínculo afetivo entre mãe e filho.

Única unidade pública de saúde que realiza partos no município, de janeiro a julho deste ano, 982 crianças nasceram no Hospital Municipal. A unidade também se destaca pelo alto índice de partos normais, que ultrapassa os 70%. Em 2016, um total de 1.628 bebês nasceram no hospital, dos quais 1.181 foram por parto normal.