Quatro Barras

III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

(Foto: Diego Tiller/PMQB)

Na última Quinta-feira (13), Quatro Barras realizou a sua III Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, cujo tema anual foi “Comida no Campo e na Cidade: o que temos e o que queremos?”. O evento foi realizado no Auditório da Secretaria Municipal de Educação e contou com a participação de moradores de campo e da cidade, assim como servidores públicos das secretarias de Assistência Social e Cultura, Saúde, Meio Ambiente e Agricultura.

A Secretária Municipal de Assistência Social e Cultura, Adriane Gomes da Silva Andreatta, abriu o evento ressaltando a importância de que se cumpram as leis, para que se garanta o acesso à alimentação saudável aos nossos munícipes e, em especial, às nossas crianças. Manifestou  profunda satisfação em saber que na atual gestão garante-se alimentos orgânicos, de produção local, na merenda escolar das nossas Escolas. “São nossos produtores  quatrobarrenses alimentando nossa população, com qualidade”, ressaltou Adriane.

O evento contou com a palestra do Sr Valdenir Batista Veloso Neto, Secretário do Conselho Estadual de Segurança Alimentar, que salientou a importância dos Conselhos de Segurança Alimentar e Nutricional, tanto em âmbito Municipal, quanto Estadual e Federal, para garantir o acesso à comida de verdade no prato dos brasileiros e em quantidade adequada para satisfazer as necessidades humanas.

Nesse mesmo evento foram eleitos os quatro delegados municipais para participarem da Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, a ser realizada em 1 de julho de 2019, no Hotel Caravelle, em Curitiba. Como também foram eleitos os 12 membros da sociedade civil do Conselho Municipal  e Segurança Alimentar e Nutricional, que possuem 2/3 das cadeiras.

  A importância de Quatro Barras ter realizado a sua Conferência Municipal, bem como ter reativado o seu Conselho Municipal é a de que credencia o Município à acessar recursos estaduais decorrentes do Fundo Estadual de Combate à Pobreza, que conta com diversas linhas de crédito, interessantes para o Município.

Ao final, os presentes puderam conhecer e provar alguns produtos artesanais e orgânicos do nosso Município, bem como os seus respectivos  produtores, aproximando as duas pontas – produtores e consumidores.