Brasil

IPC avança 0,38% em abril e em 12 meses acumula 3,34%

No mês de abril o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) do município de Curitiba avançou 0,38%. A taxa, em março de 2017, foi de -0,08% e, em abril de 2016, 1,03%.

Em decorrência da alternância de resultados mensais, maiores e menores, o resultado acumulado em 2017 está em 1,47% contra 3,50% para o mesmo intervalo de 2016. A redução do ímpeto inflacionário também reflete no índice acumulado nos últimos 12 meses, que fechou abril com variação de 3,34%; no mesmo período de 2016, o resultado foi de 9,33%. 

Os principais grupos de despesas que pressionaram o resultado final dessa última apuração, respeitando a ordem de contribuição, foram: habitação, com queda de -1,86%; vestuário, com alta de 3,32%; saúde e cuidados pessoais, com aceleração de 2,16%; despesas pessoais, com elevação de 1,41%; e transporte, com retração de -0,23%.

Entre os itens pesquisados, verificaram-se aumentos de 7,44% em pacotes turísticos nacionais, 11,70% em camisa masculina, 7,91% em vitaminas, 56,71% em tomate, 11,93% em sapato e bota femininos, 2,43% em plano de saúde e 6,13% em blusa e camisa femininas. Por outro lado, ocorreram quedas de -8,44% em energia elétrica residencial, -2,60% em gasolina comum, -7,67% em perfume, -4,30% em etanol combustível e -14,24% laranja pera.