Quatro Barras

Jovens trocam férias por trabalhos voluntários e dão exemplo de cidadania

 

Ação ocorreu no Colégio Estadual Elias Abrahão, no Jardim Menino Deus, através do Projeto Missão Calebe. Prefeito já estuda convênio para apoiar ações comunitárias

            Durante duas semanas mais de 80 jovens realizaram trabalhos voluntários em Quatro Barras através do Projeto Missão Calebe, uma iniciativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia. A ação foi concentrada no Colégio Estadual Elias Abrahão, no Jardim Menino Deus, onde se desenvolveu um grande mutirão comunitário.

            Ao longo do projeto, que teve início no último dia 15 e chegou ao fim neste domingo (29), os voluntários pintaram salas de aulas, revitalizaram muros, roçaram, limparam a horta e ainda promoveram ações de conscientização no bairro sobre o combate à dengue.

            Ao todo, mais de 210 crianças e jovens participaram do projeto, com diferentes atividades em Quatro Barras e Campina Grande do Sul. Cerca de 50 deles acamparam no próprio colégio. O pastor responsável Luiz Thomas Machado e o líder da missão, Luciano Augusto do Nascimento, falaram sobre o ideal do projeto que surgiu no Nordeste há mais de 12 anos.

            "É um momento em que os jovens trocam suas férias, seus momentos de lazer, para fazer o bem ao próximo, à comunidade, à cidade onde vivem. A grande lição que fica é que juntos podemos a fazer a diferença na vida das pessoas", destacou o pastor.

            Cada participante recebe um kit com camiseta e boné, além de contar com alimentação e transporte gratuito. Vontade de ajudar e de contribuir para um mundo mais solidário é o único requisito para participar, independente de religião ou local de moradia.

           
Um colégio melhor

            Ao fim das duas semanas o que se pode ver foi um colégio melhor. Salas e pátios revitalizados, muros recém pintados e uma turminha engajada em fazer a diferença foram o saldo da ação cidadã, que recebeu os parabéns do prefeito.

            Angelo Andreatta (Lara) visitou o colégio na última sexta-feira (27) e agradeceu ao grupo por todas as melhorias, elogiando o ideal comunitário dos jovens. Ele também afirmou que a Prefeitura está de portas abertas para estabelecer parcerias e apoiar as ações do projeto.

            "Podemos desenvolver mutirões integrados, campanhas de conscientização sobre combate à dengue, separação e descarte do lixo, entre tantos outros temas, e ainda criar uma horta comunitária solidária", disse Lara. Ele pediu aos responsáveis que encaminhem um projeto à Prefeitura para formalizar o convênio.

            Quem também comemorou e agradeceu o mutirão no colégio foi a diretora Zenaide Gussão. "Estávamos com várias atividades por fazer e já preocupados com nossas limitações de pessoal e recursos. Eles vieram na hora certa, cheios de vontade de ajudar, e realmente fizeram a diferença", afirmou Zenaide. Entre os jovens participantes também estiveram alunos do próprio colégio, que abraçaram a causa. Hoje, o Elias Abrahão atende mais de 750 alunos.