Geral

Manifestação em apoio da Lava Jato acontece dia 16 em Curitiba

(Foto: Divulgação)

Em frente ao prédio da Justiça Federal de Curitiba, a partir das 14h irá acontecer a manifestação em apoio da Lava Jato, que foi alvo de questionamentos pela mídia pela sua credibilidade.

O The Intercept Brasil divulgou mensagens no último domingo (9), entre o atual Ministro da Justiça Sérgio Moro e o procurador Delton Dallagnon, que desenlaçou uma série de acusações, colocando em risco as decisões na operação.

Um dos organizadores da manifestação da Lava Jato, Alborghetti Neto comenta sobre a extrema importância do movimento para o Brasil. “Movimentos de esquerda estão tentando descredibilizar a maior operação anticorrupção do Brasil, que já retornou aos cofres públicos mais de 13 bilhões. Não podemos ficar quietos diante disso. Muitas pessoas foram presas porque existem provas dos desvios de verbas. O brasileiro tem que se unir novamente para não deixar que os bandidos saiam como ‘bonzinhos da história’. A operação não é a vilã e sim todos os criminosos que foram pegos nela.”

Em nota, Sérgio Moro se manifestou “Sobre supostas mensagens que me envolveriam publicadas pelo site Intercept neste domingo, 9 de junho, lamenta-se a falta de indicação de fonte de pessoa responsável pela invasão criminosa de celulares de procuradores. Assim como a postura do site que não entrou em contato antes da publicação, contrariando regra básica do jornalismo. Quanto ao conteúdo das mensagens que me citam, não se vislumbra qualquer anormalidade ou direcionamento da atuação enquanto magistrado, apesar de terem sido retiradas de contexto e do sensacionalismo das matérias, que ignoram o gigantesco esquema de corrupção revelado pela Operação Lava Jato.”