Geral

Obras de escavação na marginal da BR-277 entram na fase final

As escavações que fazem parte da obra de pavimentação e alargamento da marginal da BR-277, no Uberaba, entraram na fase final. Os trabalhos se concentram próximos à trincheira da Avenida Jornalista Aderbal Gaertner Stresser, que liga o Uberaba e o Cajuru por baixo da BR-277.

Esta é a última etapa das obras de pavimentação da marginal. Além da escavação, a via está sendo alargada para melhorar o fluxo de veículos, que é bastante intenso em horários de pico na região.

Desde o início de abril estão em execução serviços de escavação, drenagem, terraplanagem e colocação de brita para a base da via, que irá receber a pavimentação definitiva.

“Antes esta rua era de terra, estreita e sem condições de receber a quantidade de veículos que circulam na região. A pavimentação vai melhorar muito o acesso para moradores dos bairros Uberaba e Cajuru, além de aumentar a segurança para os pedestres”, disse o vice-prefeito e secretário de Obras Públicas e Infraestrutura, Eduardo Pimentel.

Durante as obras de escavação, uma parte da marginal da BR-277 foi bloqueada para as máquinas trabalharem. O desvio é feito pela Rua Capitão Leônidas Marques e pela Rua Professora Maria da Glória Saldanha Loyola.

Para o senhor Jair Luiz, de 80 anos, as obras vão melhorar bastante o tráfego na região. Jair mora há 40 anos no Conjunto Mercúrio. “Antes era praticamente impossível circular por aqui nos horários de movimento. Os carros ficavam parados de todos os lados, ficava bem congestionado”, disse.

“A rua aqui antes era brincadeira, não era nem macadame, era muito buraco e quando chovia ficava um banhado. Agora vai ficar 100% melhor”, definiu ele.

Retomada

As obras de pavimentação e alargamento da marginal da BR-277 foram retomadas pela Prefeitura em janeiro, depois de ficarem paradas por cerca de cinco meses no ano passado. As obras vão levar asfalto para quase 800 metros da marginal e beneficiar 183,9 mil moradores dos bairros Cajuru e Uberaba, além dos motoristas e trabalhadores que circulam pela região.

A obra da marginal é uma proposta do presidente da Câmara Municipal, Serginho do Posto, e a previsão de término é para o segundo semestre. O investimento da Prefeitura é de R$ 3,6 milhões.

Quando a intervenção foi paralisada, no ano passado, a empreiteira havia feito 47% dos serviços contratados.