Paraná

Paraná é reconhecido como o 1º estado do mundo a adotar os ODS

Governador Beto Richa afirmou, durante o World Family Summit 2017, em Genebra, que o Estado adotou os objetivos da ONU como referenciais estratégicos de desenvolvimento e está empenhado para que todas as cidades paranaenses estejam alinhadas com aos propósitos.
(Foto: ANPr)

O Paraná foi reconhecido como o primeiro Estado do mundo a aderir às metas globais definidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o desenvolvimento sustentável. Nesta quinta-feira (12), o governador Beto Richa esteve no World Family Summit 2017, em Genebra, para receber o prêmio pelas boas práticas adotadas.

“Ao adotar a Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) como referenciais estratégicos para o Paraná estamos buscando cumprir a nossa parte de tornar o planeta um lugar melhor para todos”, afirmou Richa durante encontro, reforçando o empenho do governo para que todas as cidades do Paraná sigam alinhadas com os mesmos propósitos.

O evento realizado na Suíça reuniu lideranças globais para debater ações e trocar experiências com o foco na atenção à família e à erradicação da pobreza. “Acreditamos que o desenvolvimento sustentável requer um trabalho conjunto e parcerias consistentes em diferentes níveis: local, subnacional e global”, disse Richa.

Ele reforçou que o Governo do Paraná atua para que haja uma união de esforço no Estado em torno das metas da ONU e também destacou o papel das famílias no processo. “As famílias são a célula fundamental da sociedade e onde, verdadeiramente, se formam cidadãos comprometidos com as futuras gerações”, ressaltou o governador.

REDE - Durante a cúpula, Richa compartilhou como o Paraná atua na implantação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Entre as ações está a criação de uma rede de parceiros do governo, com o envolvimento de empresas, universidades e organizações civis, com o propósito de incorporar as metas do Estado, incentivando os municípios a fazer o mesmo e estimulando líderes públicos a participar.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano, João Carlos Ortega; o presidente da Copel, Antônio Guetter; o presidente da Associação dos Municípios do Paraná, Marcel Micheletto; e o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Fernando Guimarães – todos integrantes da equipe do Paraná – detalharam as ações para a implantação do projeto.

Não foi a primeira vez que o Paraná foi reconhecido por seu projeto para alcançar as metas. Neste ano, o Estado teve a chancela do Programa Cidades do Pacto Global da ONU para mobilizar a sociedade em torno dos objetivos desta iniciativa internacional; e também foi reconhecido pela Rede Latino-americana do Pacto Global durante um evento em Quito, no Equador.

ESCRITÓRIO - Em outubro, o Paraná instalou um escritório do Programa Cidades para a Região Sul do Brasil. O acordo foi firmado pelo governador Beto Richa e a diretora do programa, Elizabeth Ryan, para fomentar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), em nível local e regional.

O espaço funciona na sede da Copel, em Curitiba. “Este escritório vai ao encontro aos objetivos da Copel. Ele constitui um modelo do que a ONU pretende implantar em todo o mundo”, afirma o presidente da empresa, Antonio Guetter.

AGENDA 2030 - O World Family Summit é resultado de um histórico seminário sobre desenvolvimento sustentável da ONU, realizado em setembro de 2015. No encontro, 193 líderes mundiais aprovaram a Agenda 2030, com 17 objetivos e 169 ações para mobilizar todos os setores da sociedade no combate à pobreza e às desigualdades sociais.

Ainda em Genebra, o governador Beto Richa teve um encontro com a embaixadora Maria Nazareth Farani Azevêdo, representante permanente do Brasil junto ao Escritório das Nações Unidas na Suíça.