Quatro Barras

Prefeito Lara fala sobre os cem primeiros dias de gestão

 

Aquisição de medicamentos, proposta de criação do Parque Linear do Timbú, busca pela integração do transporte e por reforços na segurança, e a retomada de investimentos na cultura são algumas das ações em andamento
 

            O prefeito municipal de Quatro Barras, Angelo Andreatta (Lara), avaliou nesta semana os seus primeiros cem dias de governo. Em entrevista, ele falou sobre as áreas priorizadas neste período de estruturação, os investimentos em andamento e também os novos projetos que pretende implantar.

            Na área da Saúde as medidas iniciais, segundo ele, foram voltadas à compra de medicamentos. Lara disse que o município está investindo só nesta compra inicial mais de R$ 1,2 milhões em 235 tipos de medicamentos que abastecerão as Unidades Básicas de Saúde. Mas o investimento total é ainda maior. Cerca de R$ 2 milhões serão investidos só nesta fase, incluindo a compra de medicamentos não padronizados e psicotrópicos, além de uma aplicação de R$ 154 mil na contratação emergencial de exames.

            Na área da segurança, os primeiros meses de gestão permitiram estreitar parcerias com o Governo do Estado - que enviou novos policiais militares à região - e ampliar o número de operações integradas com a Guarda Municipal. Prevenção e fiscalização serão uma constante, conforme o prefeito.

            A busca pela integração do transporte coletivo e o aumento de linhas que atendem a área rural também foram objetos de seguidas reuniões entre a Prefeitura, a Viação Castelo Branco e a COMEC. "Esta é uma bandeira que vamos lutar permanentemente. Sabemos da grande dificuldade da população e já estamos articulando propostas com os órgãos responsáveis", disse Lara.

            Outros projetos importantes também começam a ser consolidados. Neste trimestre Lara apresentou a proposta de implantação do Parque Linear do Timbú à Sanepar para reforçar as ações de proteção da qualidade hídrica no Jardim Menino Deus; e acompanhou de perto a inauguração da nova sede da empresa Isoelectric, que já aumentou seus índices de contratação, gerando novos empregos.

            O prefeito também está retomando o Programa Armazém da Família, que oferece produtos mais baratos para famílias de baixa renda. Mesmo sem um ponto de compra na cidade neste momento, a proposta é em breve permitir às famílias que frequentem as unidades mais próximas do Armazém, usufruindo os benefícios do programa. Além da área social, o trimestre também trouxe melhorias para o setor educacional. Dois novos ônibus escolares já foram adquiridos para renovar a frota, totalizando investimentos de R$ 484 mil, com recursos próprios.

            Na área rural, o prefeito participou da efetivação de dois programas relevantes: o de proteção das microbacias e a entrega de moradias às famílias rurais - duas ações que já estavam em andamento e que serão incorporadas a novas medidas já iniciadas pela atual gestão - a retomada da aquisição de produtos da agricultura familiar para a merenda, aumentando o percentual de compra de 30% para 50%, e ações de recuperação das estradas rurais. Lara disse que só neste período mais de 4 mil metros cúbicos de materiais foram aplicados nas vias.  

            Foi também neste trimestre que a Prefeitura realizou audiências públicas para estudar a possível mudança de sentido nas vias centrais da cidade, uma decisão que de acordo com o prefeito não será unilateral, mas compartilhada com a comunidade. "Nossa proposta é fomentar o comércio, organizar o fluxo e facilitar o acesso aos bairros, mas queremos fazer isso através de decisões compartilhadas com a população. Queremos sim uma gestão participativa, transparente e realmente comprometida com os anseios coletivos", destacou.

            As áreas de cultura e esporte também receberam menção especial do prefeito. Já no terceiro mês de 2017 a Prefeitura convidou a Orquestra Sinfônica do Paraná a abrir sua temporada de apresentações na cidade e também pretende lançar uma Fundação Cultural, destinando recursos específicos ao setor. Lara retomou o projeto da Banda Municipal e ampliou projetos esportivos e culturais para novos pontos do município, inclusive para a área rural. Já são mais de 20 modalidades oferecidas gratuitamente.  

            Inclusão e cidadania também marcaram o início de governo. A Escola Especial Joanna Valache recebeu oficialmente sua própria quadra de Golf-7 - uma modalidade do golfe profissional adaptada para portadores de necessidades especiais. O projeto que iniciou no ano passado e foi concluído agora é resultado da parceria entre a Prefeitura e a Federação Paranaense e Catarinense de Golfe, e já recebeu o apoio do prefeito. "É um projeto belíssimo, que está desenvolvendo as habilidades dos nossos alunos, sua coordenação motora e a convivência social através do esporte. Eles já têm meu total apoio", disse Lara.

             Em viagem à Brasília, o prefeito também buscou a aprovação de contas da Estrada da Graciosa, tentando solucionar um impasse que, segundo ele, é na ordem de R$ 36 milhões. A preocupação com as contas públicas pôde ser vista já nas ações iniciais do governo.

            Os baixos índices de contratação de funcionários comissionados e o cuidado com a aplicação de recursos permitiram ao prefeito conceder já em janeiro a reposição inflacionária aos servidores e efetuar os pagamentos do PMAQ aos profissionais de Saúde. Estas medidas de austeridade equilibraram as finanças em um momento de crise nacional, permitindo manter e até ampliar serviços públicos prestados à população.

            "A partir de agora, com as novas licitações ocorrendo, vamos estruturar e ampliar cada vez mais os serviços. Certamente veremos uma transformação do município para melhor. Estou bastante otimista em dizer que buscaremos fazer a melhor gestão de Quatro Barras de toda a história. Será produtiva, transparente, participativa e atenta às reais necessidades das pessoas, que são a razão de estarmos aqui. Estaremos atentos às grandes demandas, mas também às minorias", disse Lara