Quatro Barras

Prefeitura e PRF estudam implantação de projeto de trânsito nas escolas

 

Com foco educativo, iniciativa prevê atividades pedagógicas e a inclusão transversal do tema nas disciplinas

            Acreditando na educação como o melhor caminho para transformar positivamente a sociedade, a Prefeitura de Quatro Barras e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) vão implantar um novo projeto nas escolas, de educação para o trânsito.

            O tema foi discutido nesta segunda-feira (13), durante o encontro entre o prefeito Angelo Andreatta (Lara); o superintendente substituto da PRF, Ismael de Oliveira; a chefe do Grupo de Educação de Trânsito da PRF no Paraná, policial Danielle Piazza; os policiais rodoviários federais Antônio Figueiredo e Lucio Flávio Marins de Araújo; e as secretárias de Educação, Adriana de Araújo Tulio, e de Ação Social, Adriane Gomes Andreatta.

             A iniciativa prevê não apenas a proximidade entre policiais e alunos através de palestras e dinâmicas, mas também o firme engajamento dos professores e equipes das escolas, que passarão a incluir transversalmente a temática de trânsito no cotidiano escolar.

            Denominado FETRAN - Festival Estudantil Temático de Trânsito - o projeto já existe há 14 anos na PRF. Esta é a segunda vez que será desenvolvido no Paraná. Segundo Piazza, o projeto piloto ocorreu em Foz do Iguaçu e agora chega à primeira vez em Curitiba e Região Metropolitana, começando por Quatro Barras.

            A proposta é atender só no município mais de mil alunos. A partir do FETRAN, estudantes e professores irão desenvolver em sala peças de teatro, maquetes, poesias, danças, músicas, textos, murais, entre outros, com base no tema. Esta composição de trabalhos será, ao fim, apresentada durante uma Feira Temática de Trânsito nas escolas, e mais tarde no Festival Temático de Trânsito, que vai congregar trabalhos realizados em toda a RMC.

            A previsão é que o projeto inicie em agosto e tenha três meses de duração. Por sugestão do prefeito, além de contemplar as escolas municipais, o projeto deve ser estendido à rede estadual, contemplando uma outra faixa etária: os jovens.

            "Ficamos satisfeitos pela PRF escolher Quatro Barras como primeiro município metropolitano. Certamente o projeto será uma transformação na vida dos nossos alunos, resgatando valores de cidadania e segurança no trânsito. Só temos a parabenizar a PRF e desejar um grande engajamento de todos os envolvidos", disse o prefeito. Segundo ele, o projeto terá participação intersetorial, envolvendo outras secretarias, como Ordem Pública e o QBTran - Departamento de Trânsito de Quatro Barras.