Quatro Barras

Prefeitura lança projeto de biblioteca itinerante

 

Desde gibis à clássicos da literatura, títulos já estão disponíveis ao público no terminal rodoviário

             Um projeto de incentivo à leitura começa a ser colocado em prática em Quatro Barras com a implantação da Biblioteca Itinerante, uma ação que visa difundir o hábito de ler, garantindo o acesso aos mais variados títulos em locais de grande circulação de pessoas. O primeiro ponto escolhido foi o Terminal Rodoviário, onde passageiros poderão encontrar desde gibis até clássicos da literatura, como 'O Ateneu' e 'Memórias Póstumas de Braz Cubas'.

            O projeto desenvolvido pela Secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Juventude, também tem idealização da artista Sônia Filleti, que há alguns anos já vem propondo a criação do projeto.

            "É uma ação importante de incentivo à cultura. A leitura abre nossos olhos, amplia horizontes e desenvolve nossas capacidades de interpretação, fala e escrita. Temos que resgatar este hábito nas pessoas, que está se perdendo", disse Sônia.

            O secretário da pasta, Adriano de Lara, disse que o projeto experimental no terminal vai mostrar a adesão das pessoas e a possibilidade de implantação em outros pontos da cidade.

            Presentes no lançamento do projeto, os vereadores Sandro Heleno Andreatta (Leno), Paulo César de Lima Júnior (Juninho) e Wagner Pertel dos Santos (Vaguinho) elogiaram a iniciativa. "A leitura estimula a escrita e agrega muito em todas as disciplinas, em todos os campos de atuação", disse Leno, que também é professor.

            O diretor de Cultura, Eneas Correa Ribeiro, afirmou que o projeto ainda agrega um senso de participação e cidadania. "Além de as pessoas levarem os livros, esperamos que elas compartilhem com seus familiares e conhecidos, e que também tragam novos títulos, mantendo este círculo positivo de incentivo à leitura", destacou.

            O prefeito Angelo Andreatta (Lara) disse que o projeto foca na disseminação e no incentivo à prática da leitura e que ficará feliz diante da adesão da comunidade. "A leitura enriquece o conhecimento, transporta para outros lugares, entre tantos outros benefícios. Desejo sucesso ao projeto e que as pessoas cuidem bem deste bem comum, que é para todos", disse o prefeito.