Quatro Barras

Prefeitura retoma Projeto da Banda Municipal

 

Aulas já acontecem na Borda do Campo. Primeira etapa contempla instrumentos de sopro

            A Prefeitura Municipal de Quatro Barras retomou o projeto da Banda Municipal e volta a aproximar a comunidade da música. Nasprimeiras aulas, que iniciaram em março, o que se pôde ver e ouvir além do som de alunos iniciantes em instrumentos como trompete, trombone, eufônio e tuba, foi um interesse crescente por aprender.

            Especialista em bandas municipais, o professor de música Tadeu Aparecido Malaquias, que já fez parteda Orquestra Sinfônica do Paraná e da Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, foi contratado pela Prefeitura para coordenar o projeto. Ele tem experiência na docência e falou sobre o potencial das bandas, que segundo ele, apresentam benefíciosmuito além do aprendizado musical.

            "O que vejo de fundamental em projetos como este é quealém de desenvolver a percepção musical e artística, o aluno se desenvolve intelectualmente, emocionalmente. O projeto estimula o gosto pela música, mas também agrega na convivência social, no desenvolvimento cognitivo e em simples ações como compartilhar um instrumento. Tudo se torna aprendizado", disse.   

            A boa notícia é que o projeto deixará de ter um período de duração. Com professor próprio, a banda será permanente a partir de agora.

            O prefeito Angelo Andreatta (Lara) disse que a retomada da banda não é apenas um compromisso de governo, mas um ideal que se coloca em prática. "A banda municipal resgata uma parte importante da nossa cultura, cria uma identidade e restabelece o contato da comunidade com a música. É um projeto cultural e social ao mesmo tempo, que já deu muito certo e que deve ser mantido", disse Lara.

            A retomada do projeto não é o único incentivo. A abertura de temporada da Orquestra Sinfônica do Paraná em Quatro Barras permitiu aos novos alunos um contato direto com a música clássica e com quem a produz. Uma perspectiva nova da música e dos caminhos que ela pode levá-los.

 

Aulas

            As aulas acontecem às segundas-feiras, das 17h às 19h, e às quintas, das 18h às 19h, no salão paroquial da Borda do Campo. Nesta primeira fase, o projeto desenvolvido pela Secretaria de Esporte, Cultura, Lazer e Juventude contempla instrumentos de sopro. Numa segunda fase, entram também os instrumentos de percussão. Diante de demanda de novos alunos, a Prefeitura deve adquirir nas próximas semanas novos instrumentos para o projeto. Mais informações: (41) 3672-5161.