Brasil

Procon-PR orienta consumidores sobre o recall de carnes

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) determinou que os frigoríficos Souza Ramos, Transmeat e Peccin recolham todos os seus produtos, distribuídos aos supermercados, bem como os já vendidos aos consumidores.

Em razão desta determinação, o Procon-PR, órgão vinculado à Secretaria de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, orienta os consumidores que, no momento da compra de produtos como carne, frango e embutidos, por exemplo, exija informações sobre a procedência dos mesmos, recusando aqueles das marcas acima citadas. 

PREVENTIVO- De acordo com Claudia Silvano, diretora do Procon-PR, “a realização do recall, procedimento previsto no Código de Defesa do Consumidor, tem caráter preventivo e objetiva evitar que o consumidor tenha a sua vida, saúde ou segurança atingidos”, avalia.

Após o recebimento das notificações enviadas pela Senacon, os frigoríficos terão o prazo de cinco dias para apresentar o recall com o plano de comunicação aos consumidores e informações sobre a operacionalização da troca de produtos e/ou devolução de valores.

De forma preventiva, o Procon-PR já notificou a Associação Paranaense de Supermercados (Apras) para que oriente seus associados a retirar da área de venda os produtos das três marcas investigadas.