RMC

Produtores de peixe de Almirante Tamandaré receberão incentivos

Foto: Divulgação

 

Cursos profissionalizantes deverão ser ministrados nas escolas rurais

Os produtores de peixe de Almirante Tamandaré estão se organizando para criar uma cooperativa e fortalecer a produção de pescados no Município. Na semana passada, 28 piscicultores estiveram reunidos com representantes da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho; da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente; e da Associação dos Produtores Agrícolas de Almirante Tamandaré (APAT). O Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) também participa dos encontros.

Além da cooperativa, os piscicultores ganharão cursos profissionalizantes nas três escolas rurais que foram fechadas na gestão anterior. E poderão comercializar pescados em uma feira de peixes vivos que deverá ser tradicional em Almirante Tamandaré. Os cursos serão para profissionalizar os produtores na criação, engorda, administração, curtume e cultivo de espécies de água doce. Com isto, o agronegócio deverá ser fortalecido na cidade. “Temos muitas ideias que poderemos aplicar em conjunto com as secretarias municipais, como o uso da piscicultura para a merenda escola e em feira de orgânicos na cidade”, pontuou o secretário Valdecir Giareta, da Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho.

Outra ideia é a inclusão dos produtores de peixes na rota do turismo rural da cidade (Circuito da Natureza). A reunião foi realizada no Brotto – que atualmente produz 100 toneladas de peixe por ano.