Geral

Programa de formação para educadores tem 31 mil vagas

A Rede Municipal de Ensino de Curitiba tem um novo programa de formação de profissionais com oferta de mais de 31 mil vagas em diferentes modalidades. É o Veredas Formativas, lançado na tarde de segunda-feira (9/7), pela secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, durante encontro com gestores das unidades de ensino, no Canal da Música, no Mercês.

O programa foi formulado a partir de uma ampla pesquisa, realizada em 2017, com os servidores da rede municipal de ensino, para levantar o interesse e as necessidades em relação aos processos de formação profissional. O resultado da consulta, explicou Maria Sílvia, foi a elaboração der um plano que valoriza a autonomia dos servidores em relação a escolha de seus percursos profissionais.

“Cada um deve fazer seu itinerário, suas trilhas, buscas e veredas para o desenvolvimento profissional, a partir do olhar pessoal daquilo que é necessário para sua carreira, mas, sobretudo, para avançar na prática diária realizada na unidade de ensino”, disse a secretária Maria Sílvia.

A iniciativa prevê ações formativas em diferentes modalidades, porém, todas a partir do exercício da reflexão, aplicação e superação de desafios. São 210 ações em diferentes modalidades formativas com vagas em cursos, fóruns, trilhas pedagógicas, oficinas, seminários, especialização, convênios com mestrados e doutorados e intercâmbio pedagógico.

A inovação é outra característica do novo programa, que reúne ações híbridas, realizadas de forma presencial e a distância, com participações nas salas Google e monitoradas por professores mediadores.

Também ganha um novo formato a Semana de Estudos Pedagógicos (SEP), que acontecerá nos dias 31 de julho e 1 de agosto, no Expo Renault Barigui, com a oferta de oficinas práticas, palestras e discussões associadas às ações pedagógicas desenvolvidas na rede.

Caderno Veredas Formativas

As ações foram compiladas no Caderno Veredas Formativas, distribuído durante o evento, e que reúne informações sobre cada atividade. “Que as escolhas e os caminhos formativos de cada profissional trilhem as mais bonitas veredas. Que vocês possam sentir que a trilha, o curso, a ação formativa valeu a apena, que deixou mais completa sua forma de se fazer mestre”, destacou a secretária.

O programa está vinculado à agenda 2030, da Organização das Nações Unidades, considerando os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável como fundamento das ações propostas. Todas as formações se fundamentam em ações para que a educação seja inclusiva, equitativa e de qualidade.

A superintendente de gestão educacional, Elisângela Mantagute, destacou a importância de cada servidor poder escolher, dentro do cardápio de opções e do seu momento profissional, qual formação melhor enriquecerá seu percurso. “Que possamos ser donos da nossa formação refletindo sempre no bem comum das crianças e estudantes que são a razão de nossas ações”, disse Elizangela.

Outro importante aspecto do Veredas, destacado pela superintendente, é o fato de a maioria do formadores serem servidores da Rede Municipal de Ensino de Curitiba. “É sinal de maturidade e valorização de uma rede que tem excelentes profissionais que se constituem em formadores de seus colegas de profissão”, completou Elisângela.

Ações descentralizadas

O novo programa está sob a responsabilidade do Departamento do Desenvolvimento Profissional que compilou os dados da consulta feita aos servidores e planejou ações descentralizadas, produzidas de acordo com a realidade das unidades educacionais.

“Iniciamos recuperando espaços que haviam sido abandonados ou estavam ociosos, em anos anteriores, e que foram transformados para a formação dos nossos profissionais, considerando a realidade local de atuação dos profissionais”, enfatizou João Batista dos Reis, diretor do departamento.

Para a diretora do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Sylvia Orthof, no Sítio Cercado, Tamara Juliana Pereira de Andrade, deixar o processo de formação mais próximo ao espaço de trabalho e às práticas diárias do servidor são bons incentivos. “A formação constante é essencial para o trabalho em educação que evolui muito rápido e exige atualização e aprofundamento para tornar o ensino mais significativo”, disse Tamara.

Na Escola Municipal Professor Brandão, no Alto da Glória, a diretora Andressa Dalla Benetta, vai compartilhar o Caderno Veredas Formativas com os 55 profissionais que atendem os 560 estudantes, das turmas de educação infantil ao ensino fundamental. “As formações contribuem para a melhoria do desempenho dos nossos professores e, com este plano, elaborado a partir dos nossos interesses, tornam ainda mais significativas a ampliação de saberes”, disse Alessandra. O caderno do programa também está disponível do portal cidadedoconhecimento.org.br.

Além de detalhes do novo programa de formação profissional, os participantes assistiram uma apresentação de percussão feita pelos estudantes da Escola Municipal Professor Dario Vellozo, no CIC, que participam do projeto Tamborão, de valorização da cultura étnico racial.

Participaram do lançamento do Veredas Formativas o superintendente executivo da Secretaria Municipal da Educação, Oséias Santos de Oliveira, chefes de núcleo de educação, diretores e pedagogas das unidades escolares da rede municipal de ensino.