Pinhais

Rede de Apoio incentiva aleitamento materno em Pinhais

Foto: PMP

Pinhais conta com a Rede de Apoio ao Aleitamento Materno desde 2014 e atua com intuito de treinar os profissionais indicados pelas Unidades de Saúde da Família para dar apoio às mães que estão amamentando. O propósito da Rede é de realizar um trabalho contínuo, por meio de capacitação, disseminação e sensibilização em relação ao aleitamento materno, para os profissionais da atenção primária, as gestantes, puérperas e sociedade em geral.
 

O grupo se reúne em diferentes ocasiões durante o ano. São realizados encontros a cada dois meses, que servem para troca de experiências, em que são comentados casos reais, trazidos pelos participantes. “Também realizamos cursos sobre o aleitamento materno; alimentação complementar, a partir de seis meses de vida; teatro e dinâmicas pertinentes ao assunto”, completa Valdirene Aparecida Pacheco dos Santos, do Núcleo de Apoio à Gestão Primária.
 

Em 2016 foi implantado o “Livro Ouro”, documento em que são registrados os atendimentos feitos para as nutrizes, nas unidades de saúde.Outra ação, desenvolvida por iniciativa de algumas unidades, é a adaptação de salas de aleitamento materno, espaços que visam proporcionar um ambiente próprio e reservado para a amamentação.
 

Doação de leite humano
 

O programa tem como objetivo atender mulheres lactantes e que desejam fazer a doação de leite humano. Cada unidade de saúde conta com dois profissionais “sentinelas”, que são referência em aleitamento materno. Eles estão aptos a prestar assistência à amamentação e doação de leite humano, tanto na unidade de saúde, quanto no domicílio, diariamente. Esses profissionais passam por capacitações constantes promovidas pelo estado, município e hospitais parceiros.
 

Para evitar que o leite seja desprezado, o município possui um entreposto de leite humano, localizado na Unidade de Saúde da Mulher e da Criança. Além disso, existe também a “rota do leite”, ocasião que os profissionais da saúde realizam visitas aos domicílios uma vez por semana para coletar o leite doado e prestar orientações às mulheres. A partir daí, o Hospital Evangélico retira as doações na Unidade de Saúde, encaminha o leite para a testagem necessária e depois o armazena para atender as crianças internadas na UTI neonatal.
 

Grupo de Gestantes
A promoção da qualidade de vida da mamãe e do bebê é o intuito principal das atividades dos Grupos de Gestantes das unidades de saúde, tendo como instrumento principal a intervenção multiprofissional, ou seja, vários profissionais abordando diversos temas que podem influenciar na gestação, parto, pós-parto e cuidados com o recém-nascido.