Paraná

Sábado é o Dia D de vacinação contra a dengue em 30 municípios

(Foto: ANPr)

Neste sábado, 21 de outubro, é dia de vacinação contra a dengue em 30 municípios do Paraná. Durante todo o dia, mais de 200 unidades de saúde estarão abertas para facilitar o acesso da população à vacina. Além dos postos e saúde, equipes volantes vão a shoppings, supermercados, praças e outros pontos de grande circulação de pessoas.

“Estamos na terceira etapa deste importante passo que o Governo do Paraná deu para a saúde da população paranaense. Mais uma vez nosso apelo é para que as pessoas que fazem parte do público-alvo da campanha busquem um ponto de vacinação e aproveitem esse benefício”, ressalta o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.

Até quinta-feira (19), 111.211 pessoas tinham sido vacinadas nesta terceira etapa, que começou dia 20 de setembro. O número corresponde a 37% do total. O objetivo é vacinar quase 300 mil pessoas que já tomaram a primeira ou a segunda dose. A campanha vai até o dia 27 de outubro e é voltada a pessoas de 9 a 44 anos em Paranaguá e Assaí e de 15 a 27 anos nos demais 28 outros municípios.

“Essa é mais uma estratégia adotada de maneira pioneira pelo Paraná para enfrentar a dengue. O que precisamos agora é da adesão da população para que a gente não precise enfrentar mais uma epidemia da doença e, principalmente, os óbitos que a ela pode ocasionar”, alerta a superintendente de Vigilância em Saúde, Júlia Cordellini.

COBERTURA – Os municípios de Paranaguá, Londrina e Maringá concentram a maior parte do público-alvo da campanha. Em Paranaguá foram vacinadas 24 mil pessoas (38% do público-alvo), Londrina foram 19 mil pessoas (30%) e Maringá 24 mil pessoas (45%).

As melhores coberturas estão nas cidades de Cruzeiro do Sul, que vacinou 87% até o momento, e Santa Isabel do Ivaí, com 80%. Os menores índices são de Sarandi (20%), Mandaguari (23%) e Foz do Iguaçu (24%).

COMPLETAR - A superintendente Júlia Cordellini explica que quem tomou a primeira ou a segunda dose nas outras etapas da campanha está sendo lembrado sobre a necessidade de completar o esquema vacinal. “Adotamos diversas estratégias como mensagens de texto, ligações, e-mails para lembrar a população sobre a nova dose. Em alguns municípios como Paranaguá, equipes estão indo de casa em casa para vacinar”, diz.

CUIDADOS – Independente da vacinação, os cuidados básicos com a dengue não devem ser deixados de lado. A chefe da Divisão de Vigilância Ambiental, Ivana Belmonte, orienta que as pessoas eliminem focos de água parada, que podem servir como criadouros para o Aedes aegypti.

“A recomendação se mantém. As pessoas devem reservar um momento semanal para verificar suas casas e locais de trabalho e fazer a remoção de qualquer possível criadouro do mosquito”, fala Ivana. Desde de agosto deste ano até o dia 10 de outubro foram 71 casos de dengue em todo o Estado.