RMC

Saúde entrega nova unidade ao CAPS Rio Verde e valoriza Saúde Mental

O serviço, que faz parte da estrutura do Programa Municipal de Saúde Mental, atenderá com mais qualidade e conforto e contará com equipe multidisciplinar
Solenidade de entrega das novas instalações Centro de Atenção Psicossocial II, localizado na Rua Sudão, n° 820, bairro Rio Verde (Foto: Marcio Fausto /PMC)

“A entrega das novas instalações do CAPS II a população do Rio Verde representa a valorização da Saúde Mental no nosso município. Queremos fortalecer esse serviço em Colombo e superar o modelo antigo de exclusão destes pacientes. A luta dos nossos profissionais é pelo convívio, pela integração e pelo respeito à pessoa que se encontra em sofrimento psíquico. E a família tem um papel importante nesse processo”, enfatizou o Secretário de Saúde Dr. Antoninho Barth. O novo espaço passará a atender das 8h às 18h, com os trabalhos destinados à promoção da Saúde Mental.

O serviço, que faz parte da estrutura do Programa Municipal de Saúde Mental, atenderá com mais qualidade e conforto e contará com equipe multidisciplinar. “Além de proporcionar um sistema de acolhimento, através de grupos terapêuticos, escuta, consultas médicas e oficinas de artesanato – ampliando as atividades ao ar livre e jardinagem”, ressalta a Diretora do Departamento Administrativo da pasta, Nice Lara.

A solenidade de entrega das novas instalações Centro de Atenção Psicossocial II, localizado na Rua Sudão, n° 820, bairro Rio Verde – aconteceu na manhã desta quarta-feira, 17, e contou com a presença da Secretária de Assistência Social Maria da Silva Souza.

“Estamos felizes em participar de momentos como este, inaugurando um espaço importante que vai melhorar a qualidade do serviço público, com uma estrutura mais adequada para que os profissionais possam realizar seus trabalhos. Vamos trabalhar em conjunto para atender as necessidades da nossa população”, destacou Maria.

“O nosso intuito é fortalecer a integração da Saúde Mental à Atenção Primária em Saúde (APS) tanto para problemas de saúde mental quanto para problemas de saúde física. Mantendo os pacientes junto das suas famílias e conservando as suas atividades diárias”, disse a Diretora de Atenção Básica Adriana Cordeiro.

Sobre o Programa Municipal de Saúde Mental

O município de Colombo a partir de 2006 iniciou a construção do Programa Municipal de Saúde Mental com a organização e ampliação do número de profissionais para o atendimento no ambulatório de saúde mental, onde eram atendidas pessoas com transtornos mentais leve e moderado.

Neste mesmo ano, foi implantado o CAPS II voltado para o atendimento diário de pessoas que apresentam quadro de transtorno mental severo e persistente. Desde 2014 o Município de Colombo vem aperfeiçoando os serviços prestados aos moradores com a adesão das Oficinas dos Apsus, em Saúde Mental onde os todos os profissionais realizam o atendimento e a estratificação de risco dos pacientes para melhor atendê-lo no equipamento específico.

Sendo assim o município, atende ao que é preconizado pela Rede de Atenção à Saúde Mental do Paraná que inclui no seu Mapa Estratégico à Saúde Mental como uma das cinco redes prioritárias de implantação e implementação nesta gestão.

É importante também considerar que o objetivo é a melhoria do acesso aos usuários, buscando promover o cuidado integral. Promover saúde mental hoje é uma tarefa que compete a todos os profissionais de saúde: médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, dentistas, agentes comunitários de saúde, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, psicopedagogos e psicólogos.

Atualmente, entende-se que o meio privilegiado para tratamento de pessoas com sofrimento mental, drogadictos, violentados e que sofrem de angústias profundas e intensas ansiedades é o bairro, as famílias, as comunidades e, logicamente, as unidades de saúde encravadas nos territórios onde as pessoas residem.

Com a realização de um plano de tratamento individualizado com profissionais especializados, os moradores poderão contar com avaliações de uma equipe multidisciplinar com consultórios de atendimentos com profissionais da área da psicologia, psiquiatria, terapia ocupacional, assistente social, enfermeiros e técnicos que realizarão um melhor acolhimento e consequentemente um acompanhamento terapêutico mais integral.

Participaram da solenidade os vereadores Edson Baggio, Gilgera e Sidnei Campos.

Serviço:

Centro de Atenção Psicossocial II

Endereço: Rua Sudão, 820 – Rio Verde

Horário de atendimento: das 8h às 18h – de segunda a sexta-feira