Geral

Três mulheres levam os prêmios do sexto sorteio do Nota Curitibana

Prefeito Rafael Greca e a primeira dama Margarita Sansone acompanhado do secretário de planejamento orçamento e finanças, Vitor Puppi. Faz a entrega da premiação Nota Curitibana: Ganhadora do prêmio de R$ 20 mil reais, Silvia Schutzemberger; entrega o prêmio de R$ 10 mil reais , a Abba promoção social (Foto: Levy Ferreira/SMCS)

Acompanhado da primeira-dama, Margarita Sansone, o prefeito Rafael Greca entregou nesta terça-feira (11/9) os prêmios do sexto sorteio do Nota Curitibana. Dessa vez, foram três mulheres agraciadas no sorteio: Andrea Carolina Grohs, Silvia Schutzemberger e Lenisa Lima Miranda.

Elas receberam, respectivamente, os prêmios de R$ 50 mil, R$ 20 mil e R$ 10 mil. “Nessa edição no Nota Curitibana só deu mulher. Trata-se de um programa que premia o cidadão que pede nota fiscal e premia as entidades que fazem um trabalho social com vulneráveis. O comércio da cidade vai ferver com as compras dessas mulheres”, brincou o prefeito, que também estava acompanhado do secretário municipal de Finanças, Vitor Puppi.

As entidades sociais indicadas pelas ganhadoras e que também foram premiadas foram a Liga Paranaense de Combate ao Câncer (Hospital Erasto Gaertner), com R$ 25 mil, a Abba Promoção Social (Abbaps), com R$ 10 mil, e a Pastoral da Criança, com R$ 5 mil.

Ganhadora do primeiro prêmio, a funcionária pública federal Andrea Carolina Grohs já tem planos para os R$ 50 mil. “Vou fazer uma pós-graduação em Gestão Pública e um curso de italiano na Itália. O restante vou aplicar para render” disse ela, que se surpreendeu com o prêmio. “Eu não ganho nem em bingo e nem acho dinheiro rua. Ao contrário, sou do tipo que perde”, brincou.

A sorte de Andrea se transformou em mais sorte para o hospital Erasto Gaertner, que foi premiado com R$ 25 mil pela terceira vez desde que o programa foi criado. “É impressionante e estamos muito felizes”, disse Carlos Shuster, analista de negócios do hospital. “Esse recurso vai para custear fluxo de caixa”, contou.

Dona do segundo prêmio, a assistente social Silvia Schutzemberger sempre pede CPF na nota, mas diz que nunca pensou em ganhar. Ela pesquisou bem antes de indicar a Abba Promoção Social para levar o prêmio de R$ 10 mil. “Vamos revitalizar o espaço interno da nossa associação”, disse Celina dos Santos, presidente da entidade que atende 60 crianças no contraturno escolar com oficinas de arte, música e dança na Vila Verde da CIC.

Já a médica pediatra Lenisa Miranda contou que nem sabia da existência dos prêmios. “Sempre pensei só no desconto do IPTU. Foi uma boa surpresa”, afirmou ela, que indicou a Pastoral da Criança para receber R$ 5 mil. A intenção, de acordo com Rosemary Soto, assistente financeira da Pastoral, é melhorar o Museu da Vida, que funciona no bairro Mercês. A Pastoral atende 3,8 milhões de crianças em todo Brasil.  

Combate à sonegação

O Nota Curitibana foi criado para estimular a emissão de notas no setor de serviços, dificultando, dessa forma, a sonegação de impostos e melhorando a arrecadação do ISS (Imposto sobre Serviços), lembra Mario Nakatani Júnior, coordenador do programa.

Os cadastrados podem indicar uma entidade de assistência social que desenvolva projetos em Curitiba e que também será beneficiada nos três prêmios principais. Para ser indicada pelos cidadãos e concorrer aos prêmios, as instituições devem estar com os cadastros vigentes na Fundação de Ação Social (FAS).

Todos os meses o programa distribui R$ 230 mil em prêmios. Também é possível abater até 30% do valor do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) para os participantes.