Pinhais

Vigilância Sanitária de Pinhais é referência nacional na implantação da padronização de procedimentos

O município recebeu a visita de representantes da ANVISA e do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, uma vez que é o único no país a apresentar este trabalho
(Foto: PMP)

A Vigilância Sanitária (VISA) de Pinhais recebeu a visita de representantes da ANVISA e do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Pinhais foi escolhido como único representante dos municípios do país para apresentar o trabalho desenvolvido na implantação dos Procedimentos Operacionais Padrão pactuados em tripartite, ou seja, entre os três entes da federação.

A escolha do município se deve ao diferencial da VISA de Pinhais  ter realizado a implantação da padronização de procedimentos, abrangendo todas as  suas áreas de atuação: alimentos, serviços, produtos e saúde do trabalhador. Os visitantes conheceram o processo de implantação da Unidade da Qualidade. Os pontos discutidos durante a visita foram o processo de implantação da gestão da qualidade, os fatores facilitadores e dificultadores na implantação e os resultados obtidos até o momento. 

"Foi um dia bastante produtivo, a visita trouxe, além de elogios ao trabalho realizado até agora, críticas construtivas que certamente contribuirão para o aprimoramento deste processo de trabalho e a certeza de que a VISA Pinhais está no caminho certo para qualificação das suas ações", afirma Maria Thereza Johnsson Campos, da Gerência de Vigilância Sanitária e Saúde do Trabalhador.

Participaram da visita, Maria Lucia S. Malta de Alencar, representando a Gerência-Geral de Coordenação e Fortalecimento do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Representando o Hospital Alemão Oswaldo Cruz participaram os consultores Vera Bacelar, Wilma Madeira e Bruno Zanetta.

Além da equipe da VISA Pinhais, também estiveram presentes representantes das Secretarias Municipais de Saúde, Governo e Controladoria Geral do Município. Da Secretaria de Estado da Saúde estavam presentes o diretor do Centro Estadual de Vigilância Sanitária Paulo Costa Santana e representantes da Unidade da Qualidade  da Secretaria de Estado da Saúde.