Política

Wilson Picler pode ser a alternativa de mudança do caos político na Câmara Federal

Dono de uma das mentes mais brilhantes do Brasil, Picler é homem simples, empreendedor. Por diversas vezes, flertou com a política, mas destoa dos políticos de carreira. Na última eleição que disputou, registrou cada santinho, cada placa com seu nome e isso assustou quem trabalhava com ele, pois ele fazia tudo certinho, diferente do costume político convencional.

 

Filho de mecânico e costureira, Wilson Picler vem e origem humilde. Seu Gabriel e a dona Margareth fizeram de tudo para dar uma educação digna para o filho. Nascido em Guaíra, divisa com estado do Mato Grosso do Sul na época que a travessia do rio Paraná ainda era feito com balsa e criado na cidade canção, Maringá, Picler hoje comanda o maior império de educação a distância do Brasil, o grupo Uninter. Pioneiro no sistema de educação a distância, ele se tornou um empresário de sucesso.

Dono de uma das mentes mais brilhantes do Brasil, Picler é homem simples, empreendedor. Por diversas vezes, flertou com a política, mas destoa dos políticos de carreira. Na última eleição que disputou, registrou cada santinho, cada placa com seu nome e isso assustou quem trabalhava com ele, pois ele fazia tudo certinho, diferente do costume político convencional. Neste pleito de 2018, Picler voltou a cena política, desta vez pelo partido de Bolsonaro e pode ser uma alternativa de mudança na Câmara Federal. Como articulista política foi o homem forte na eleição de Gustavo Fruet a prefeito de Curitiba em 2012

Picler articulou a candidatura de Fruet a prefeitura em 2012

Em um almoço oferecido em sua residência em Brasília, em janeiro de 2010 Wilson Picler, ainda deputado federal, convidou oficialmente o então deputado Gustavo Fruet para que o mesmo se filiasse ao PDT, dando-lhe total garantia de que seria candidato a Prefeito de Curitiba em 2012. Participaram deste almoço o ex-vereador Jorge Bernardi, presidente licenciado do PDT de Curitiba, e filho de Picler, Raul Meira Picler. Em 6 de outubro de 2010 Gustavo Fruet se filiou ao PDT e, em dezembro de 2011, Picler presidiu a reunião da Executiva estadual do PDT em que homologou a nova executiva municipal com Gustavo Fruet à frente da Presidência do PDT de Curitiba, conforme palavra empenhada.

 

O sonho que se tornou um império da Educação

O sonho era oferecer cursos de pós-graduação a preços acessíveis. Hoje, o grupo conta com mais de 1500 colaboradores.  Em 1996, Wilson Picler fundou o Instituto Brasileiro de Pós-Graduação e Extensão IBPEX, instituição dedicada a oferecer pós-graduação de qualidade e acessível aos graduados em todo o Brasil, com um projeto intitulado “Faculdade vai a Escola”.

Mais tarde, em 2000, com a experiência em pós-graduação, criou a Faculdade Internacional de Curitiba, Facinter e em 2002 criou a Faculdade de Tecnologia Internacional, Fatec Internacional, ambas com Conceito Institucional MEC (2012) igual a 4 em uma escala de 0 a 5.

Para dar suporte à graduação e pós-graduação Picler fundou a Editora IBPEX, que já editou mais de 400 títulos de obras acadêmicas, tendo imprimido mais de 2 milhões de livros até 2011. A Editora Ibpex possui também um sistema de ensino para educação, infantil e fundamental, presente em várias escolas em todo o país. A coleção de educação infantil Gira Mundo foi uma das vencedoras do Prêmio Jabuti, da Academia Brasileira de Letras (2º. lugar de 2010).

Wilson Picler também fundou a Facintur, empresa dedicada à área de turismo. Uma das características que marcam na personalidade arrojada de Wilson Picler é a sua grande capacidade criativa, empreendedora e de assumir altos riscos aliado a uma postura espiritualista e humanitária. As empresas criadas por Wilson Picler constituem-se em um dos maiores Grupos Educacionais do Brasil, o Grupo Educacional Uninter, com 425 polos credenciados pelo MEC em mais de 400 cidades distribuídas em todas as unidades da federação brasileira, somando no final de 2011 mais de 140.000 estudantes. O Grupo Uninter conta hoje entre Doutores, Mestres e especialistas e demais funcionários administrativos, um total de mais de 1.500 colaboradores.